8 de Março pelas 9h em frente ao IMT



Empresas que trabalham para as plataformas de transporte como a Uber e a Cabify vão fazer uma vigília frente ao Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) para exigir a regulamentação do sector, foi hoje anunciado pelo presidente, João Pica, da ANPPAT ( Associação Nacional de Parceiros das Plataformas Alternativas de Transportes) .

Para João Pica é inadmissível que se esteja à mais de 2 anos a espera desta Regulamentação referindo ainda que é uma vergonha num Estado de Direito ter-se andado a empurrar com o umbigo uma matéria destas ao longo de dois anos e de dois Governos, PSD-CDS e agora PS, sem que nada se tivesse feito.

O representante dos Parceiros e motoristas vai mais longe ao dizer ambos os Governos, PSD e PS, deixaram que este "problema" se iniciasse assobiando para o lado e deixando que empresas familiares, e muitos desempregados, investissem o pouco que tinham em prol de uma vida nova e com isso deixou-se chegar a um ponto onde temos cerca de 300 dessas empresas e mais de 2500 pessoas a viver desta actividade...

O dirigente culpa os Governos, o anterior e actual, pelo actual estado em que chegou esta situação deixando o aviso este é um problema politico e só mesmo politico e neste momento os partidos políticos andam a brincar com milhares de trabalhadores portugueses e pequenas empresas por isso façam aquilo  que devem fazer legislem!


Continuar a ler o artigo clique AQUI

26 fevereiro 2017